Aldo Pereira

A literatura espírita

Por Aldo Pereira há 5 meses

Tem uma literatura espírita que você não lê. Qual literatura é essa? Sua vida. Sua vida é um romance espírita, é uma encarnação, mas você está preocupado com o romance espírita que se passou lá no Egito antigo e não está vivendo o agora. É muito bom para quem gosta de se distrair, aí fecha o livro e a vida vem em cima de você e você continua querendo viver o romance espírita. 

Joaquim de Aruanda

*Meu comentário.

A sua vida é a sua encarnação, portanto, também uma história. Aquilo que trás a literatura é valida apenas para a encarnação daquele espírito. Como somos individualidades, cada encarnação é diferente da outra, pode até ser parecida, jamais idêntica. O importante é viver a sua vida com aquilo que tem, não condicionando a sua felicidade a acontecimentos ou expectativas. A literatura espírita é toda romantizada, mostrando ainda as ilusões da mente. Viva o momento, no momento e pelo momento. Se você sair da sua "realidade", viverá também uma ilusão e quando sair da carne, na expectativa de encontrar o mundo espiritual, "quebrará a cara" quando descobrir que o espiritual é moldado com as construções da encarnação e sofrerá, pois esqueceu de viver, de construir o seu "mundo". Se você tiver apenas um pão seco com margarina para comer, existem apenas duas opções, comer ou ficar com fome. Lamentar, chorar, gritar, perder a felicidade não vai colocar o presunto no pão. Assim é a vida é quem não vive a vida, está morto.