Aldo Pereira

Começou a peneira

Por Aldo Pereira há 2 semanas

.Espírito nenhum, que tenha uma boa intenção e coerência aos parâmetros crísticos, vai resolver a tua vida. Resolvan-se. Você tem uma pausa para reflexão não só sobre a sua casca, mas sobre essência, sobre oque ela quer e oque ela é e não sobre oque sua casca quer para se manter. O ser humano deve sossegar-se pelo que é, não manter-se pelo que está. A justiça, é a paciência do bem, que conclui que um todo infinito está sempre em harmonia. Se a justiça não educar, onde ficará a esperança das pessoas? O futuro está em todo piscar de olhos que você dá. Quantos piscar de olhos você já deu hoje? Almeje que cada piscar seja em paz e o teu futuro se fará próximo. Oque nos leva ao futuro é transformar velhos conceitos. O bom médium liberta-se da adoração para com os seus mentores. Quem idolatra, não é puxa saco, é carente, é doente. O problema é vocês não viverem a vida de vocês! Deixem os mentores quietos. Peguem a pazinha e a vassoura e mãos a obra. A lixeira não está mais no lado de fora, mas dentro. Deus é a simplicidade mais complexa que existe. Ama-te por ti mesmo. Para todo lugar que você for, só encontrará as referências que a sua essência nutre. A peneira já começou e não é a espiritualidade que escolhe, mas você faz a sua escolha. As pessoas não admitem que um preto velho, escravo, ignorante fale dessas coisas. Ele é o meu paizinho, ele tem que ser assim, burro, ele veio para aturar as minhas mazelas. É meu saco de despojo. Tem gente que lê um monte que livro e se acha espiritualizado. São postes por dentro e agem de uma forma podre.

Aqueles que falam bonito, sabem sabem, sabem, mas agem diferente, vão ranger os dentes, na carne e no espírito. É a justiça, meu neto. Não a justiça de fora, mas acredito dentro. A justiça é a paciência do bem, que conclui: 

"Que um todo infinito está sempre em harmonia"

*Benedito de Aruanda.