Marcio Eduardo

Estar presente em cena

Por Marcio Eduardo há 2 anos

A mente vai gerar um compreensão sobre o que está sendo vivenciado, ela vai dizer que isso tem ligação com aquilo, e que por causa de tal atitude aconteceu tudo errado, enfim, ela vai criar uma série de verdades que vão nos persuadir a acreditar que tais afirmações são nossas, mas não podem ser, se fossem estaríamos nesse momento, agindo como um ator, que na linguagem teatral estaria "saindo do personagem". O personagem precisa ter os seus conceitos, e acreditar naquilo que precisa para desempenhar o seu papel. Nesse mundo, a permuta entre o ator e o personagem pode acontecer, a forma como os dois interpretam a situação podem até coincidir, mas se o ator fica em cena pensando que não é a personagem, ou no que vai precisar comprar no mercado depois da peça pro café da manhã, a peça inteira perde a sua força, e pra platéia o ator vai parecer um altista, um ator que não está presente em cena. Por outro lado ele precisa estar consciente que é acima de tudo um ator e não somente um personagem, e que ele precisa apenas de "lampejos" dessa lembrança para se manter pleno em cena, não chega nem ser um pensamento, é mais um sentimento mesmo. 

Portando estar presente em cena é estar totalmente entregue ao momento presente, na confiança que o roteiro é perfeito. Independente da cena que está sendo representada, seja ela uma cena que agrega conhecimentos sobre o personagem, ou uma cena de total negligência sobre a existência.