Milton Fiorillo

INGRATIDÃO

Por Milton Fiorillo há 3 anos

Como lidar com os ingratos?

Não esperar gratidão de ninguém!

Como disse o Chico de Assis, "consolar mais que ser consolado".

O que é a gratidão senão um carma, uma prova que Deus lhe oferece para amá-lo acima de todas as coisas. Uma oportunidade de amar ao próximo (ingrato) como a si mesmo, conforme o mestre ensinou há dois mil anos, quando na terra esteve, ou seja de esperar algo em troca. Não ver erro naquele que se demonstra ingrato, não ter a intenção da gratidão alheia.

Vale lembrar também, que quando fazemos algo para outrem, esperando uma retribuição, mesmo que esta retribuição seja um gesto de gratidão, existiu nesta ação a intencionalidade e quando isso acontece, o único beneficiado é quem recebeu auxílio, e não aquele que ofereceu.

Vale lembrar que Deus não aceita propina, e caridade não é moeda de troca. Faça quando tiver que fazer, se achar que deve, se fizer; mas não espere nada em troca, nem da terra, muito menos do "céu"!

Espiritualismo Ecumênico Universal