Aldo Pereira

"Limpar" a casa.

Por Aldo Pereira há 3 meses

Mas é evidente, uma casa quando está suja, deve ser limpa. Agora, meus filhos, esse preto pergunta, o que suja espiritualmente uma casa? Meus irmãos, toda casa que trabalha em nome de Deus e dentro dos ensinamentos dos mestres, não necessita de "limpeza". Ela sempre será um explendor de luz, harmonia e caridade. Não há espírito carnado ou desencarnado que consiga "sujar" uma casa que trabalha por Deus, com Deus e em Deus. Se uma casa precisa ser "limpa", preste, atenção no trabalho que essa casa faz. Se ele estiver alicerçado no amor ao próximo, doação integral ao próximo e sem separação ou julgamento, essa casa sempre estará "limpa" espiritualmente. O universo se faz por afinidades e os espíritos carnados e desencarnados que procuram a casa, são aqueles que se afinam com ela. Os que permanecem, também. A sua casa atende a todos com igualdade, ouvindo atentamente, orientando amorosamente e trabalhando com os princípios ensinados pelo mestre Nazareno? Então quem teria o poder de suga-la? A sua casa, recebe todos os espíritos com igualdade, sem classificação ou hierarquia? Ou ainda trata espíritos como superiores e inferiores, bons e maus, elevados e "trevosos"? A sua casa trabalha pela elevação do espírito, priorizando absolutamente os valores espirituais, ou quer manter o padrão humano, o bem estar passageiro e as paixões mundanas? Sua casa recebe com alegria, verdadeiro júbilo os espíritos de fala mansa, que dizem oque a mente quer ouvir e massageia o ego e tratam com desdém aqueles de fala arrastada sem meias palavras, recebidos como se armados para guerra e considerados inferiores? Se é assim, sua casa precisa de limpeza. Nessa casa falta amor e sobra seletividade. O amor é a todos e incondicional. Mas nego, como posso amar quem "persegue"? Amando, simplesmente amando. Sabe aquele obsessor, perseguidor, tratado como malvado nas sessões de desobsessão, que vocês querem afastar? Ele pode estar muito acima "espiritualmente", daquele que vocês consideram perseguido. O coitadinho. Se conseguissem ver a essência do espírito, cairiam de joelhos e renderiam louvores ao que chamam de "mal", mas que ainda tem mais luz que aqueles que por sua razão mal educada, chamam de "vítima". Se vocês pudessem saber um pouco de suas encarnações anteriores, entenderiam o que esse preto fala e parariam de separar e amariam mais. Bendito véu do esquecimento que protege os filhos e premia o aqui e agora. Não julguem, não separem, não condicionem. Lembrem das palavras do Cristo no evangelho de Tomé: 

Quando virdes a vossa semelhança, alegrai-vos. Mas, quando virdes o vosso modelo, que desde o princípio estava em vós e nunca morrerá, nem jamais se revela plenamente – será que suportareis isto?

* Um velho amigo.