Aldo Pereira

O espírito

Por Aldo Pereira há 2 anos

Segundo o livro dos espíritos.

23. Que é espírito?

— O princípio inteligente do universo.

*Você sabe o que é inteligência?

23 – a)Qual é a sua natureza íntima

— Não é fácil analisar o espírito na vossa linguagem. Para vós, ele NÃO É NADA, porque não é coisa palpável; mas. para nós, é alguma coisa. Ficai sabendo: nenhuma coisa é o nada e o nada não existe.

*Para nós espírito é NADA.

88. Os Espíritos têm uma forma determinada, limitada e constante?

—Aos vossos olhos, não; aos nossos, sim. Eles são, se o quiserdes, uma flama, um clarão ou uma centelha etérea.

*Não conseguimos ver espíritos. Para nós eles não tem forma.

82. É certo dizer que os Espíritos são imateriais?

— Como podemos definir uma coisa, quando não dispomos dos termos de comparação e usamos uma linguagem insuficiente? Um cego de nascença pode definir a luz? Imaterial não é o termo apropriado; incorpóreo, seria mais exalo; pois deves compreender que, sendo uma criação, o Espírito deve ser alguma coisa. É uma matéria quintessenciada, para a qual não dispondes de analogias, e tão eterizada que não pode ser percebida pêlos vossos sentidos.

*Não temos termos para definir "espírito". Eles não são nada do que conhecemos e só podemos definir alguma coisa por conhecimento.

25 – a) Esta união é igualmente necessária para a manifestação do espírito. (Por espírito entendemos aqui o princípio da inteligência, abstração feita das individualidades designadas por esse nome.)

— É necessária para vós. porque não estais organizados para perceber o espírito sem a matéria; vossos sentidos não foram feitos para isso.

*Nos falta sentido para isso. Conhecemos as suas manifestações ( não todas), mas não o espírito.

*Resumo da ópera. De espírito, não sabemos nada.