Aldo Pereira

Peçam, e será dado.

Por Aldo Pereira há 1 semana

Sabe a batida de carro? Ela não é culpa do outro motorista. Foi Deus que criou o choque porque você pediu isso. Sabe o bandido que lhe rouba com o revolver na mão? Ele não faz isso porque é um sem-vergonha, mas porque Deus comandou essa ação atendendo um pedido seu. É isso que precisamos compreender. Deus é um eterno cantor que está sempre cantando: me dê motivos. Você gera a motivação para tudo o que Ele faz acontecer na sua vida, pois pede antes de nascer os gêneros das suas provações. Tudo que lhe ocorre foi você que pediu para passar. Sendo assim, se existe um culpado de tudo o que lhe acontece, esse seria você. Os acontecimentos que vivencia durante a vida carnal são todos oriundos do que pediu antes de nascer. Você pediu a vida que hoje vive e Deus apenas lhe concede o que foi escolhido. Com isso, o transforma em responsável por si mesmo.

Isso é fundamental de se ter consciência. Enquanto encarnados, vivemos acusando os outros de serem responsáveis pelo que nos acontece. Só que ninguém é responsável por nada que vive. Apenas você é o responsável, pois pediu que aquilo ocorresse. Você é o responsável pelo que vive, não por causa do que fez nessa vida, mas por ter pedido essa provação antes da encarnação. A partir dessa consciência, precisamos parar de acusar os outros.

Espiritualismo ecumênico universal