Aldo Pereira

“Venha o Teu reino” (Pai nosso)

Por Aldo Pereira há 2 meses

Existe aí um pedido do espírito: que Deus o deixe participar do Seu reino. Todo espírito vem à carne para buscar o reino de Deus, onde existe o amor e a felicidade. O espírito não vem a Terra para fazer o que ele quer (satisfazer-se), mas sim para buscar participar do reino de Deus através da comprovação de que é capaz de ter somente amor dentro de si. Você não veio aqui para fazer o que quer, mas para participar do reino de Deus, ou seja, viver com amor. A vida na carne é uma busca constante de provar a Deus que se é capaz de viver no Seu mundo e, por isso existe a necessidade de se viver todos os momentos da vida com esta consciência. Enquanto você quiser ser ou fazer coisas apenas baseando-se na sua vontade, nos seus desejos, você não participará do reino de Deus, pois o amor, único sentimento que nos leva a este reino, exige que haja igualdade entre todos. Para participar do reino de Deus precisamos alcançar a universalidade, eliminando o individualismo.

Para se ter amor é necessário aceitar que os outros façam aquilo que “querem”, sem que se veja nestes fatos “erros”. Não existe julgamento no mundo de Deus, pois o Pai concede o livre arbítrio aos seus filhos.

Querer ter razão sempre é como diz o sábio no livro Eclesiastes: pegar o vento com a mão. Se você quiser pegar o vento com as mãos ele lhe escapará por entre os dedos. Da mesma forma, a razão que você imagina ter sobre um assunto sempre lhe escapará, pois os fatos alteram-se constantemente e o que hoje era de uma forma, amanhã não mais será. Enquanto você quer pegar todas as razões esquece-se de viver e a vida passa no meio dos seus dedos. Depois, quando fica velho se pergunta: o que eu fiz da minha vida? Onde estão as verdades que defendi o tempo inteiro? Todas elas mudaram e você ficou sem nada. Se você amar, se viver a vida amando sem procurar ter razões, agarrará a vida e se sentirá na velhice pleno, cheio, feliz, pois o amor traz a felicidade.

Espiritualismo ecumênico universal