Gileno de Sá Cardoso

A MALDADE

Por Gileno de Sá Cardoso há 1 mês

A cada semente de Amor à Deus como escolha semeada  no Agora, diante de cada ato da vida, lhe sobrevém um estado de bem aventurança. É como se você estivesse na eternidade naquele momento, ou se você ressucitasse em vida. Quando você deixa de lançar a semente do Amor à Deus, como escolha semeada no Agora, diante de cada ato, você se revolta contra a vontade de Deus e se lhe sobrevém a maldade no coração.

Gileno de Sá Cardoso

FELICIDADE

Por Gileno de Sá Cardoso há 1 mês

Sei que o sucesso é estimulante...

O dinheiro conquistado importante...

A saúde relevante...

Mas não determinantes...


Aprendi que picos de alegria não representam felicidade...

Qua a felicidade é perene...

Consciência leve constante...

Encontro comigo mesmo de forma permanente...


Absorvi a energia da resiliência...

A solidade sem ânsia...

A serenidade da autoestima...

A generosa capacidade de amar...


Ismael Silva

Gileno de Sá Cardoso

AJUDA ESPIRITUAL NA DEPRESSÃO

Por Gileno de Sá Cardoso há 2 meses

A depressão é excesso de pensamentos do passado (geradores de culpa) ou do futuro (geradores de preocupação) na mente, resultando em tristeza e sofrimento. Mesmo sem depressão a tendência do ser humano é viver no sofrimento. Vivenciando o Agora você não se sugestiona pelos pensamentos.

O padrão mental é capaz de mudar a nossa realidade, mas vc há de convir que pro indivíduo cuja depressão produtora de tristeza e pensamento "negativo" sair desse padrão, que já é o padrão normal do ser humano (gostar do sofrimento) e passar a produzir pensamentos "positivos", não é uma tarefa fácil. Mas quando você entra no padrão mental de não concordar com a propositura do ego seja "positiva" ou "negativa", você não entra no pensamento "positivo", mas, pelo menos, já deixa de entrar no pensamento "negativo". Apenas espera o tempo certo para que as coisas aconteçam naturalmente, saindo do estado de ansiedade. As causas da depressão devem ser combatidas individualmente através da escuta espiritual e relatos de opções alternativas universais na forma de encarar a vida, fornecidos na convivência do dia a dia.

Gileno de Sá Cardoso

O PODER DO AGORA NA VIVÊNCIA COM PERSONAGENS DO PASSADO

Por Gileno de Sá Cardoso há 2 meses

Muitas vezes os planos de Deus mudam e lhe colocam frente à frente com personagens que você convivia diuturnamente no passado e que ficaram sem se comunicar há mais de 10 anos. Que fazer nessa situação? Simplesmente continuar vivenciando o Agora que já estava vivenciando no presente. Assim o fazendo, continuará desidentificado, ou seja, fora do personagem, apenas observando-se, fazendo uma limpeza de pensamentos e adquirindo uma maior compreensão de tudo. O interessante é que não é você, ou seja, o seu ego, que decide vasculhar o seu passado e lhe impelir a contracenar com esses personagens e sim  o seu Silêncio Interno e a Energia que você É, hoje, quem os atrai. A mudança de padrão mental livre de julgamentos, vivenciando o Agora, parece que faz o Universo conspirar em direção ao sincronismo entre os personagens e  o auto conhecimento começa à acontecer, expurgando tudo que fôra escondido e que se pensava estar esquecido e não esclarecido.

Gileno de Sá Cardoso

A FELICIDADE ETERNA DA DÚVIDA

Por Gileno de Sá Cardoso há 2 meses

A certeza é a razão, a convicção, é a "zona de conforto". É preferível então se aventurar em procura da liberdade. Ser livre é não se apegar a nenhuma certeza, é duvidar de tudo e sair dessa zona de conforto para encontrar a Felicidade plena e contínua. A felicidade da certeza só dura até você ser discordado, por que você vai abrir mão dela em troca da razão.

Gileno de Sá Cardoso

HARMONIZAR-SE É OBSERVAR

Por Gileno de Sá Cardoso há 2 meses

Desapegar das posses e prazeres... ter noção da transitoriedade do personagem...ser Feliz mesmo nos momentos de infelicidade...ser o que É, sempre, pois foi assim que Deus o fez...andar sempre com a tecla do "foda-se" ao ego, acionada...colocar-se sempre como observador do ego frente à matrix...ter a noção de que vive em um mundo dual e que não deve ser iludido por ele...entender que convive com pessoas relativizadas...compreender que Todos Somos Um...amar a Deus em todos os atos...respeitar o livre arbitrio do próximo...simplificar a vida cada vez mais...não esquecer que as suas opiniões  e dos outros são compostas de verdades relativas...iintrospectar-se fortalecendo-se em Deus...aceitar a vida como ela é...aceitar a vontade de Deus...ser Feliz apesar de tudo...na hora do conflito, retirar o próximo do conflito e harmonizar-se intimamente com a imagem do conflito dentro de sí...ficar num estado profundo de "não sei"...vivenciar o agora...deixar a vida fluir, propiciando às coisas acontecerem no tempo de Deus... São algumas práticas de harmonização interior. O espiritualista nada sabe, apenas observa.

Gileno de Sá Cardoso

DEUS CRIA O ATO MAS O SOFRIMENTO É OPCIONAL

Por Gileno de Sá Cardoso há 3 meses

Deus é responsável pela criação do ato, mas nada tem a ver com o nosso sofrimento. Existe o ato porque merecemos, já que sempre há um tempo para a Justiça Divina, mas o sofrimento pode sempre ser abolido quando aprendemos a amar a Deus dentro desse ato, aceitando a vida como ela é. O grande equívoco da humanidade é achar que Deus não pode criar (e onde estaria a sua Onipotência?) coisas "ruins" como fome, miséria, doença, desastre, guerra, pessoas deficientes, estupro, etc. Ora, essas coisas são criadas justamente para o benefício dos envolvidos, com o objetivo de trazê-las como mais uma oportunidade para amar a Deus, ou seja, entender que esses atos existem como prova de Amor de Deus para conosco na Obra Geral e, por isso devemos retribuir esse Amor a Ele aceitando-os. Esses atos acontecem na nossa vida justamente para que não nos contrariemos com eles e pensemos sempre na eternidade e não só na efemeridade dessa vida. Resumindo podemos dizer que tudo nos é permitido mas nunca podemos esquecer que teremos sempre nos observando um Ser Onipresente, o arquiteto do Universo, sempre disposto a reconstruir a nossa vida com coisas consideradas pelo ser humano como coisas "boas" ou "ruins" de acordo com o nosso merecimento,  pois Ele tudo sabe,   já que é Onisciente. Tudo gira entre nós e Ele. Aceitação é o caminho.

Gileno de Sá Cardoso

VITIMIZAÇÃO

Por Gileno de Sá Cardoso há 3 meses

A vitimização é um aspecto da personalidade humana que afeta ao personagem ativo e ao passivo. É uma forma terrível de apego à vida que produz conflitos crescentes e podem persistir por uma existência inteira, caso não seja combatida intimamente pelo ativo e ignorada pelo passivo. Pura falta de consciência material e espiritual.

Gileno de Sá Cardoso

ACEITE QUE DÓI MENOS

Por Gileno de Sá Cardoso há 3 meses

Então já descobrimos o nosso carma da não aceitação. Diante de um carma, a última coisa a fazer é fugir dele. Pelo contrário, devemos encará-lo e enfrentá-lo, espantando o medo. O segundo passo é curtimos esse carma, no caso a não aceitação. Curtindo ele, estaremos estudando-o e amando-o, porque passaremos a entender que esse carma é obra de Deus colocada em nossa vida em nosso benefício do ponto de vista da eternidade. O terceiro passo é o mais importante: não nos culpemos quando estivermos mais uma vez diante da não aceitação. Esse é o momento em que sobrevém o sofrimento. Só conseguiremos nos livrar desse sofrimento se conseguirmos amar o nosso carma, ou seja entender que ele foi elaborado pela vontade de Deus a nosso pedido e em nosso benefício, como mais uma oportunidade de nos livrarmos dele. Para conseguirmos isso é preciso que nos permitamos interior e totalmente, para que possamos permitir ao outro que encene as provas para a nossa aceitação: através do amor, sobrevindo a bem aventurança; ou não, através da revolta, sobrevindo o sofrimento.