Paulo Siqueira

Não precisa tirar 10, tirando 5 já dá para passar de ano!

Por Paulo Siqueira há 1 mês

Hoje, para a elevação espiritual, não precisa mais tirar 10, como antigamente. No quesito das provas espirituais, hoje, tirando 5, se consegue fazer a elevação espiritual. Não que hoje seja mais fácil, em um sentido de ter menos mérito espiritual pela elevação, não há mérito em nada, são momentos, agora é um momento destes, pela evolução da capacidade de abstração do intelecto humano é mais atingível. Você não precisa mudar nada em sua vida, apenas se libertar dos pensamentos gerados pelo consciente. Como fazer? Assim: esteja fazendo o que estiver fazendo, esteja onde estiver, independente do mundo material, seu corpo e tudo mais, preste atenção no pensamento. Este é o primeiro passo, chama-se orai e vigiai, pois você nunca sabe a hora que vai acontecer tudo. Mas, prestando atenção no pensamento, a mente te bombardeia com várias coisas que te afligem. O segredo é, a princípio, usar respostas esquema, para fazer eles serem enfraquecidos até que não te abalem e parem. Estas respostas são as respostas que se deve dar as provas espirituais e a resposta para tudo é o amor universal para se elevar. O que é o amor universal? Amor universal foi explicado pela vida de Cristo, amar a deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, ou seja, entender que há uma causa primária acima de todas as coisas gerando tudo com o atributo de justiça, bondade e inteligência supremas. É o amor agindo em todas as coisas, inclusive em mim e em você e em nossos pensamentos. Por isso devemos ficar atentos aos pensamentos, pois eles são as respostas no seu consciente do sentimento que o espírito vibrou, então você tem que entender profundamente o pensamento percebendo que ele é fundamentado em posse, desejo e paixão e, assim, desconstruí-lo, ou libertar-se dele com o amor universal. Deste modo, se pode voltar a ter uma consciência mais universalizada, no amor, pois o espírito é criado a imagem semelhança de Deus e tem os seus atributos, só que não com a sua potência máxima. O espírito, a medida que se eleva, aumenta a potência de seus atributos com a fé, que é entrega e confiança total a este Deus causa primária de todas as coisas, o amar ao próximo como a si mesmo é compreender o outro como ação de Deus, assim como você o é, portanto, não existem culpados, que não nós mesmos pelas nossas respostas sentimentais espirituais para o estado que está nossas vidas. Amem a tudo e a todos, que assim estarão fazendo o máximo que podem para melhorar as suas vidas, no sentido da harmonia, paz e o amor.

Psiquê Swami

Gileno de Sá Cardoso

ZONA DE CONFORTO

Por Gileno de Sá Cardoso há 4 meses

          A prostituição, antes chamada de "zona do meretrício", era "velada", todos sabiam da sua existência, mas ninguém tomava uma providência.

          Hoje com o passar dos anos, acho que ela de alguma forma entrou dentro de cada um de nós, nos prostituindo de alguma forma. 

          Assim, os limites pré estabelecidos já não podem e talvez nem devam ser respeitados. Acho que, da mesma forma que enxergo isso bem claro em mim mesmo. 

          Tantas vezes fiz algo que não gostaria de ter feito ou estar fazendo, algo que não gostei a mim mesmo me prostituindo. 

          Então hoje vemos esta mesma zona espalhada pelos quatro cantos do mundo, também e mais conhecida como "zona de conforto".

          Dessa forma então acho, talvez seja o momento importante prá cada um de nós repensarmos sob esta ótica, prá observar que se de alguma forma ou algum modo não poderíamos fazer algo com mais amor.

          Ou com menor resistência, prá que talvez possamos nos sintonizar de uma forma mais adequada.   

          Felicidade agora e sempre à todos amigos, da melhor forma que houver prá cada um de nós.

Junior Ahmad

Gileno de Sá Cardoso

A MALDADE

Por Gileno de Sá Cardoso há 7 meses

A cada semente de Amor à Deus como escolha semeada  no Agora, diante de cada ato da vida, lhe sobrevém um estado de bem aventurança. É como se você estivesse na eternidade naquele momento, ou se você ressucitasse em vida. Quando você deixa de lançar a semente do Amor à Deus, como escolha semeada no Agora, diante de cada ato, você se revolta contra a vontade de Deus e se lhe sobrevém a maldade no coração.

Espiritualismo

PSICOTERAPIA PARA O SÉCULO XXI

Por Espiritualismo há 1 ano

Dr. Brian Weiss

 

 

Tudo é amor ... tudo é amor. Com o amor vem a compreensão e com ela a paciência. E então o tempo para. E tudo é agora.

O amor é a resposta suprema. O amor não é uma abstração e sim energia verdadeira, ou uma gama de energias que você pode “criar” e manter em seu ser. Simplesmente aja com amor. Você começará a tocar Deus dentro de si mesmo. Sinta-se amoroso. Dê expressão ao seu amor.

O amor dissolve o medo. Não se pode ter medo quando se sente amor. Uma vez que tudo é energia e o amor abrange todas as energias, tudo é amor. Este é um forte indício da natureza de Deus.

A pessoa que tem amor e é isenta de medos, é capaz de perdoar. É capaz de perdoar aos outros e a si mesma. Passa a se ver na perspectiva correta. Culpa e rancor são reflexos do mesmo medo. O sentimento de culpa é um rancor mais sutil dirigido para dentro. O perdão dissolve a culpa e o rancor, que são emoções desnecessárias e danosas. Perdoe. Perdoar é um ato de amor.

O orgulho pode ser um empecilho para o perdão. O orgulho pe uma das manifestações do ego. O ego é uma personalidade transitória e falsa. Você não é o seu corpo. Não é o seu intelecto. Não é o seu ego. É maior do que tudo isso. Você precisa do ego para sobreviver no mundo tridimensional, mas precisa somente daquela parte do ego que processa informações. O resto – orgulho, arrogância, defensividade, medo – é mais do que inútil. O resto do ego nos separa da sabedoria, da alegria e de Deus. Você deve transcender o seu ego e descobrir o seu verdadeiro ser. O verdadeiro ser é a parte permanente, a parte mais profunda de você. É sábia, amorosa, segura e cheia de alegria.

O intelecto é importante no mundo tridimensional, mas a intuição é mais importante.

Você troca a realidade por ilusão. A realidade é o reconhecimento de sua imortalidade, divindade e eternidade. A ilusão é o seu mundo tridimensional e transitório. Essa troca lhe é prejudicial. Você deseja a ilusão da segurança em lugar da segurança da sabedoria e do amor. Deseja ser aceito quando, na realidade, jamais pode ser rejeitado. O ego cria ilusão e encobre a verdade. É preciso dissolver o ego para poder ver a verdade.

Com o amor e a compreensão vem a perspectiva da paciência infinita. Por que a sua presas? Afinal, o tempo não existe, apenas lhe parece existir. Quando você não se apercebe do presente, quando está absorvido no passado ou preocupado com o futuro, traz para si mesmo grande dor e sofrimento. O tempo também é uma ilusão. Mesmo no mundo tridimensional, o futuro é apenas um sistema de probabilidades. Por que preocupar-se tanto?

A terapia do ser é possível. A compreensão é terapia. O amor é a suprema terapia. Terapeutas, professores, gurus, todos eles podem ajudar, mas só por tempo limitado. A direção é para dentro do ser e, mais cedo ou mais tarde, o caminho interior tem de ser trilhado em solidão, muito embora na realidade nunca estejamos sós.

Meça o tempo, se tem de medi-lo, em termos de lições aprendidas, não em minutos, horas ou anos. Você pode curar-se em cinco minutos se chegar ao conhecimento adequado. Ou em cinqüenta anos. É tudo a mesma coisa.

O passado deve ser lembrado e depois esquecido. Deixe que ele se vá. Isso se aplica a traumas de infância e traumas de vidas passadas. Mas também se aplica a atitudes, falsas noções, sistemas de crenças que nos são impostos, a todos os velhos pensamentos. Na verdade, a todos os pensamentos. Como é possível termos uma visão nova e clara com todos esses pensamentos? E se tivéssemos de aprender algo novo a partir de uma nova perspectiva?

Os pensamentos criam ilusões de separação e diferença. O ego perpetua essa ilusão e essa ilusão cria medo, ansiedade e enorme sofrimento. Por sua vez, o medo, a ansiedade e o sofrimento criam cólera e violência. Como pode haver paz em um mundo no qual essas emoções caóticas predominam? Simplesmente saia desse labirinto. Volte à origem do problema. Não volte a antigos pensamentos. Pare de pensar. Em vez disso, use o seu saber intuitivo para sentir amor novamente. Medite. Veja que tudo é interligado e interdependente. Veja a unidade, não as diferenças. Veja o seu verdadeiro ser. Veja Deus.

A meditação e a visualização o ajudarão a não pensar tanto e a iniciar a sua viagem de volta. Ficará curado. Começará a usar a mente que não utilizava. Verá. Compreenderá. Irá tornar-se mais sábio. E então haverá paz.

Você tem um relacionamento consigo mesmo, bem como com outras pessoas. E já viveu em muitos corpos e em muitas épocas. Portanto, pergunte-se por que isso é tão assustador. Por que receia assumir riscos razoáveis? Receia por sua reputação, tem medo do que os outros possam pensar? Esses medos lhe foram infundidos na infância ou mesmo antes.

Faça a si mesmo as seguintes perguntas: “o que tenho a perder? O que pode me acontecer de pior? Devo contentar-me em viver o resto de minha vida desta maneira? Se a morte é uma realidade inevitável, o que há de tão arriscado nisso?”

Em seu crescimento não receie provocar a ira de outras pessoas. A ira não passa de uma manifestação da insegurança dessas pessoas. Temer essa ira pode retardar o seu desenvolvimento. A ira seria meramente estúpida se não causasse tanto sofrimento. Dissolva a sua própria ira em amor e perdão.

Não deixe que a depressão ou a ansiedade tolha o seu crescimento. Sentir-se deprimido é perder a perspectiva, esquecer e aceitar tudo como natural. Aperfeiçoe o seu enfoque. Restabeleça os seus valores. Lembre-se de que há coisas que não devem ser aceitas como inevitáveis. Mude a sua perspectiva e lembre-se do que é importante e do que importa menos. Saia da rotina. Lembre-se de ter esperança.

Ficar ansioso é perder-se no ego. É perder de vista as nossas fronteiras. Há uma vaga lembrança de perda do amor, de orgulho ferido, de perda de paciência e de paz. Lembre-se: você nunca está sozinho.

Nunca perca a coragem de assumir riscos. Você é imortal. Ninguém pode feri-lo.