Gileno de Sá Cardoso

A MALDADE

Por Gileno de Sá Cardoso há 3 meses

A cada semente de Amor à Deus como escolha semeada  no Agora, diante de cada ato da vida, lhe sobrevém um estado de bem aventurança. É como se você estivesse na eternidade naquele momento, ou se você ressucitasse em vida. Quando você deixa de lançar a semente do Amor à Deus, como escolha semeada no Agora, diante de cada ato, você se revolta contra a vontade de Deus e se lhe sobrevém a maldade no coração.

Renato Mendes

Por que sofremos?

Por Renato Mendes há 11 meses

Por que sofremos?

Das duas uma, ou não há escolha ou há escolha.

Parece óbvio que existe a possibilidade de escolha, mas apenas parece.

Desde sempre viemos sofrendo quando o mundo exigia isto de nós.

Tiramos alguma vantagem disto, é verdade, ganhamos a atenção dos outros e a sua piedade, ou de nós mesmo, auto-piedade.

Mas esta não é uma troca justa, nenhum prazer anula ou supera o sofrimento, pelo contrário, gera mais sofrimento.

E sempre nos dizem que devemos não sofrer, e lá vamos nós tentando não sofrer já estando em sofrimento.

Mas se é óbvio que há escolha por que sempre escolhemos sofrer?

Da próxima vez faça diferente, coloque a possibilidade de escolha em prova utilizando a si mesmo como campo.

Não tente não sofrer, ao invés disto investigue a possibilidade de escolha.

Figura

Como investigamos a possibilidade de escolha? Escolhendo.

Mas caso sempre escolha o sofrimento isto não prova que existe a possibilidade de escolha.

Ao menos uma vez confirme a si mesmo que é possível escolher o não sofrer, o mundo não lhe mostra esta possibilidade, descubra por si mesmo.

Mas não é apenas dizer que existe esta possibilidade, é experimentar esta possibilidade.

E, caso descubra que sim, existe a possibilidade de escolha, a própria descoberta lhe trará algo novo.

Este algo será a confirmação de que existe a possibilidade de escolha sendo o resultado da escolha.

Descubra por si mesmo.