Renato Mendes

Caminhe

Por Renato Mendes há 9 meses

Falando em espiritualidade acontece de lermos algo ou passarmos por uma experiência profunda que nos traz algo na forma de insight ou conclusão que tenha ou não alguma lógica mas identificamos como verdadeiro.

A partir deste ponto é preciso admitir que aquilo tem valor e passar a olhar tudo sob o prisma desta nova realidade.

Não é possível abandonar a transformação que isto lhe causou porque irá lhe acompanhar, mas é possível colocar em dúvida e voltar aos velhos hábitos de interação com o mundo utilizando-se dos antigos valores e conceitos.

Se tiver firmeza e passar a encarar tudo a partir do que esta experiência lhe trouxe, mesmo que haja conflito com os velhos padrões, em algum momento o mundo "externo" seguirá o mundo "interno" e as próprias experiências serão a prova daquilo que fez sentido internamente.

Se pararmos para racionalizar aquilo antes de tomarmos a decisão de coloca-lo em prática na nossa vida, nunca o colocaremos e viveremos a dúvida sem constatar a manifestação daquilo.

Como em uma caminhada, é preciso dar o próximo passo a partir do ponto onde estamos no momento, se racionalizarmos ou voltarmos aos velhos padrões daremos passos para trás ou não sairemos do lugar ou mesmo ficaremos andando de lado.

É lindo lermos sobre espiritualidade e tudo aquilo que ela nos traz, as suas consequências naturais, as histórias dos "santos", a vida dos mestres, os ensinamentos sublimes e maravilhosos. Mas ficar apenas lendo, imaginando, sonhando, não nos trará nada além de distrações e passatempos.

Constate onde estão os seus pés nesta caminhada, admita que aquilo que você leu ou vivenciou tem valor e dê o próximo passo consciente de tudo isto, em algum outro passo futuro novas descobertas podem vir e então outros passos virão a partir destas descobertas, mas é preciso caminhar, e o caminho se faz consciente e colocando em prática aquilo que tenha mostrado valor.

Caso contrário, não sairemos do lugar e aquele insight não passou de insight por não o termos colocado em nossas vidas e aquelas ideias lindas que fazemos da espiritualidade nunca deixarão de ser ideias lindas que fazemos da espiritualidade.