Gileno de Sá Cardoso

DEUS CRIA O ATO MAS O SOFRIMENTO É OPCIONAL

Por Gileno de Sá Cardoso há 3 meses

Deus é responsável pela criação do ato, mas nada tem a ver com o nosso sofrimento. Existe o ato porque merecemos, já que sempre há um tempo para a Justiça Divina, mas o sofrimento pode sempre ser abolido quando aprendemos a amar a Deus dentro desse ato, aceitando a vida como ela é. O grande equívoco da humanidade é achar que Deus não pode criar (e onde estaria a sua Onipotência?) coisas "ruins" como fome, miséria, doença, desastre, guerra, pessoas deficientes, estupro, etc. Ora, essas coisas são criadas justamente para o benefício dos envolvidos, com o objetivo de trazê-las como mais uma oportunidade para amar a Deus, ou seja, entender que esses atos existem como prova de Amor de Deus para conosco na Obra Geral e, por isso devemos retribuir esse Amor a Ele aceitando-os. Esses atos acontecem na nossa vida justamente para que não nos contrariemos com eles e pensemos sempre na eternidade e não só na efemeridade dessa vida. Resumindo podemos dizer que tudo nos é permitido mas nunca podemos esquecer que teremos sempre nos observando um Ser Onipresente, o arquiteto do Universo, sempre disposto a reconstruir a nossa vida com coisas consideradas pelo ser humano como coisas "boas" ou "ruins" de acordo com o nosso merecimento,  pois Ele tudo sabe,   já que é Onisciente. Tudo gira entre nós e Ele. Aceitação é o caminho.